Biomip

Broca do Café

A broca do café é um besouro pequeno (coleóptero) sendo que as fêmeas adultas chegam a 2mm de comprimento e os machos são um pouco menores, cerca de 1,2mm de comprimento.

Hoje ela está presente em quase todo o território nacional e afeta produtores em todas as regiões.

O ciclo da broca ( ovo-larva-pupa-adulto) varia entre 17 a 63 dias dependendo da condições climáticas e podem ocorrer 7 gerações por ano.

O ataque aos frutos começa ainda no estágio chumbinho e vai até a fase seca.

A fêmea faz o furo no fruto, se estiver no estagio chumbinho, não realiza a oviposição devido ao estado leitoso do endosperma.

Quando o fruto apresenta o endosperma mais desenvolvido ela constrói uma galeria até a semente e faz a oviposição.

 Após a eclosão dos ovos as larvas se alimentam da semente no interior dos frutos onde foram alojadas.

Passam, a seguir pelo estádio de pupa e uma vez atingido o estádio adulto, as fêmeas já copuladas, abandonam o fruto à procura de outros frutos, dando continuidade à infestação.

Os frutos que permanecem nos cafeeiros sem serem colhidos ou mesmo no chão, constituem o principal meio de sobrevivência da broca após a colheita.

Prejuízos e danos causados

Os danos causados pelo inseto da broca, são diversos e variam de acordo com o grau de infestação e intensidade do ataque. No geral, podemos dizer que os principais prejuízos ocasionados, são:

Como controlar/Combater essa praga?

 O produtor deve sempre limpar todos os cafés presentes no chão entre uma lavoura e outra, impedindo que o inseto sobreviva naquele local e possa contaminar a próxima safra.

Controle Biológico

O controle da broca do café pode ser feito utilizando pulverizações de Beauveria bassiana, o principio ativo do Biobassi!

Saiba mais sobre o produto e conheça as vantagens de um controle biológico eficiente